Pesquisa mostra que produzir cana está 25% mais caro em SP

publicado em: 17 de agosto de 2012

A movimentação da máquina no canavial de Paulo Junqueira Neto é para garantir a adubação correta na plantação. A fazenda que fica em Ribeirão Preto, região nordeste de São Paulo, tem 3.600 hectares de cana.


No início da safra, o produtor decidiu renovar 30% da área plantada cultivando novas mudas, mas apesar do planejamento, Paulo reclama do custo no investimento. Cada hectare reformado está saindo por R$ 5 mil.


O produtor hoje paga R$ 100 pela tonelada de muda de cana-de-açúcar, o dobro do preço de quatro anos atrás.


Uma pesquisa da USP/Esalq comprova o aumento nos custos. O estudo concluiu que para produzir a mesma quantidade de cana, os produtores e as usinas gastam atualmente 25% a mais do que há quatro safras.


Os insumos, produtos usados para fazer os tratos culturais e combater as pragas, foram os que tiveram as maiores altas. Os fertilizantes ficaram 60% mais caros, o preço do calcário teve aumento de 65% e o gesso de 50%.


Os principais fatores para a alavancada dos preços são a alta do dólar e dos produtos agrícolas comercializados nas Bolsas internacionais.


Para a Associação dos Plantadores de Cana, o atual custo de produção praticamente não deixa margem de lucro para o produtor e prejudica também, os investimentos no canavial.

Fonte: Globo Rural



Compartilhe:

Voltar
RESPONSABILIDADE SOCIAL
OUVIDORIA: 0800 725 0996

Atendimento: segunda a sexta, das 8h às 20h.

www.ouvidoriasicoob.com.br
Deficientes auditivos ou de fala: 0800 940 0458
Canal de comunicação de indícios de ilicitude
Clique aqui para ter acesso.
2016 © SICOOB COCRED. Todos os Direitos Reservados.