Resiliente, agronegócio reduz tombo da economia em 2020

publicado em: 16 de dezembro de 2020

Resiliente, agronegócio reduz tombo da economia em 2020

A Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) estima que o Brasil deve se tornar o maior produtor mundial de alimentos já no fim deste ano. Mesmo em meio à crise da Covid-19, nosso país demonstrou condições de alimentar todos os brasileiros e ainda cumprir os compromissos internacionais, consolidando altos padrões técnicos e sanitários.

Só os grãos produzidos no Brasil alimentam cerca de 1,2 bilhão de pessoas em todo o mundo, de acordo com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Em termos de economia interna, o agronegócio contribui com quase 25% do Produto Interno Bruto (PIB), garante 20% dos empregos gerados no país e realiza 40% do total de exportações.

Enfim, o agro deve ser o único setor brasileiro que deve passar – quase – ileso pela pandemia. Por isso, a 39ª edição da Revista Cocred Mais destaca uma entrevista especial com a ministra de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina. Figura respeitada não só no meio rural, mas também pelo presidente Jair Bolsonaro, ela se tornou uma grande interlocutora do setor.

Tereza Cristina diz que vislumbra um enorme potencial de crescimento do comércio agropecuário brasileiro, principalmente relacionado à exportação, tendo em vista as garantias de qualidade e segurança alimentar. Ao mesmo tempo, ela minimiza os reflexos da pandemia, que impuseram desafios ao agro, mesmo que menores em comparação aos demais setores.

Clique aqui e confira a entrevista completa.



Compartilhe:

Voltar
RESPONSABILIDADE SOCIAL
OUVIDORIA: 0800 725 0996

Atendimento: segunda a sexta, das 8h às 20h.

www.ouvidoriasicoob.com.br
Deficientes auditivos ou de fala: 0800 940 0458
Canal de comunicação de indícios de ilicitude
Clique aqui para ter acesso.
2016 © SICOOB COCRED. Todos os Direitos Reservados.